Objetivo

Reembolsar despesas com serviços de remoção e de pronto-socorro em UTI móvel.

Beneficiários

São beneficiários dos serviços de pronto-socorro em UTI Móvel os titulares, os dependentes econômicos e os agregados inscritos no STF-Med.

Percentual de Reembolso

O reembolso é de 80% (oitenta por cento) sobre os valores constantes das tabelas adotadas pelo STF-Med (PDF).

Documentos Necessários para serviços de Remoção

  1. Formulário de reembolso assinado pelo beneficiário titular;
  2. Nota fiscal original contendo:
    – Nome do beneficiário atendido;
    – Descrição e valor do serviço;
    – Data de emissão do documento (validade de até 30 dias a partir da emissão);
    – A nota fiscal não pode conter emendas ou rasuras.
  3. Guia de remoção ou outro documento, contendo:
    – Nome do beneficiário atendido;
    – percurso (locais de origem e destino da remoção);
    – Data de emissão;
    – Assinatura do profissional responsável pela remoção com o número no respectivo conselho profissional.

Somente serão reembolsadas as remoções previstas no art. 5º do Ato Deliberativo nº 73

Documentos Necessários para serviços de  Pronto-Socorro em UTI Móvel 

  1. Formulário de reembolso assinado pelo beneficiário titular;
  2. Nota fiscal original contendo:
    – Nome do beneficiário atendido;
    – Descrição e valor do serviço;
    – Data de emissão do documento (validade de até 30 dias a partir da emissão);
    – A nota fiscal não pode conter emendas ou rasuras.
  3. Formulário próprio da empresa de UTI móvel, contendo:
    – Nome do beneficiário atendido;
    – Local do atendimento;
    – Histórico do atendimento, com os dados sobre a evolução, o tratamento realizado e a hipótese diagnóstica;
    – Caracterização do quadro clínico de urgência ou emergência pelo médico responsável pelo atendimento;
    – Data de emissão;
    – Assinatura do médico responsável pelo atendimento com o respectivo número no Conselho de Medicina.

O deferimento dos reembolsos dependerá da exatidão das informações prestadas, podendo a Seção de Reembolsos, com o auxílio da auditoria técnica do STF-Med, e a qualquer tempo, solicitar outros documentos comprobatórios que repute necessários, bem como perícia médica para a concessão do reembolso.

Formulário e Ato Deliberativo